No dia 29 de outubro, os acadêmicos do Curso de Relações Internacionais assistiram à palestra de Oliver Stuenkel, renomado professor e analista da área, sobre seu mais recente lançamento “O mundo Pós-Ocidental – potências emergentes e a nova ordem global”.

De acordo com Stuenkel, o livro avalia a ausência de evidências consistentes de que essa nova ordem global será mais conturbada que a atual. Na obra, ele ainda afirma que o mais provável é que ocorra uma descentralização de poder político, econômico e militar, a partir do qual as potências emergentes terão um papel cada vez mais importante e que surjam oportunidades inéditas e mais democráticas para a cooperação de resolução de desafios internacionais. “Este é o mundo pós-ocidental”, declara.

Oliver Stuenkel é professor adjunto de Relações Internacionais na Fundação Getúlio Vargas (FGV), coordenador da Escola de História e Ciências Sociais (CPDOC-SP) e do MBA em Relações Internacionais da mesma instituição. É membro não residente do Global Public Policy Institute, em Berlim, e membro do Carnegie Rising Democracies Network. Sua pesquisa concentra-se nas potências emergentes, especificamente Brasil, Índia e China, analisando seus impactos sobre a governança global.